Decretos (1986) - 92.400, de 18.2.86 - Vade Mecum On-line

Decretos




Decretos - 92.400, de 18.2.86 - 92.399, de 17.2.86 Publicado no DOU de 18.2.86 Vincula a Secretaria de Modernização e Reforma Administrativa - SEMOR, ao Ministro de Estado Extraordinário para Assuntos de Administração, e dá outras providências.




×Conteúdo atualizado em 16/07/2021. Clique Aqui para atualizar agora!
D92400

Presidência da República
Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos

DECRETO Nº 92.400, DE 18 DE FEVEREIRO DE 1986.

Revogado pelo Decreto de 5.9.1991
Texto para impressão

Aprova o Regimento do Gabinete Civil da Presidência da República, e dá outras providências.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 81, itens III e V, da Constituição,

DECRETA:

Art. 1º - É aprovado o Anexo Regimento do Gabinete Civil da Presidência da República.

Art. 2º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 3º - Ficam revogados o artigo 3º, os artigos 20 a 37, a alínea b do artigo 51 e o item II do artigo 52 do Regimento aprovado pelo Decreto nº 83.500, de 28 de maio de 1979, com as alterações posteriores, bem como o Decreto nº 85.795, de 09 de março de 1981, com as alterações introduzidas pelo Decreto nº 86.190, de 07 de julho de 1981, e pelo Decreto nº 91.388, de 1º de julho de 1985, e demais disposições em contrário.

Brasília, 18 de fevereiro de 1986; 165º da Independência e 98º da República.

JOSÉ SARNEY
Rubens Bayma Denys
Marco Maciel

Este texto não substitui o publicado no DOU 19.2.1986

ANEXO

REGIMENTO DO GABINETE CIVIL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

CAPÍTULO I

DA FINALIDADE

Art. 1º - O Gabinete Civil da Presidência da República tem por finalidade:

I - assistir o Presidente da República na coordenação política, notadamente no que se refere às relações com parlamentares e autoridades governamentais e à articulação entre Governo e Sociedade;

II - assessorar o Presidente da República na coordenação dos assuntos relativos à administração civil, especialmente quanto ao acompanhamento dos programas e políticas governamentais e ao relacionamento com os Estados e os Municípios;

III - coordenar as atividades de comunicação social do Governo Federal;

IV - preparar as mensagens do Executivo ao Congresso Nacional, bem como acompanhar a tramitação de projetos de lei e examinar, em conjunto com outros órgãos da administração pública federal, os que forem submetidos à sanção presidencial.

CAPÍTULO II

DA ESTRUTURA E COMPETÊNCIA

DO GABINETE CIVIL

SEÇÃO I - DA ESTRUTURA

Art. 2º - O Gabinete Civil compõe-se de:

I - Chefia;

II - Subchefias;

a) Subchefia para Acompanhamento da Ação Governamental;

b) Subchefia para Relações Intergovernamentais;

c) Subchefia para Assuntos Institucionais;

d) Subchefia para Assuntos Parlamentares;

e) Subchefia para Assuntos Jurídicos;

f) Subchefia para Assuntos de Comunicação Social.

III - Órgãos de Apoio:

a) Secretaria Particular do Ministro;

b) Departamento de Apoio Administrativo.

Art. 3º - A Chefia do Gabinete Civil é constituída de:

I - Chefe, Ministro de Estado;

II - Assessores, com habilitação profissional de nível superior e reconhecida experência;

III - Oficiais-de-Gabinete.

Art. 4º - As Subchefias serão estruturadas em Assessorias, na forma do Regimento Interno.

Art. 5º - A Secretaria de Imprensa e Divulgação - SID, criada pelo Decreto nº 85.795, de 09 de março de 1981, subordina-se ao Ministro de Estado Chefe do Gabinete Civil e atuará em articulação com a Subchefia para Assuntos de Comunicação Social.

Parágrafo único. As atribuições da SID, relativamente à difusão das atividades do Presidente da República, serão especificadas em Regimento Interno, observada a competência da Subchefia para Assuntos de Comunicação Social, estabelecida no artigo 14 deste Regimento.

Art. 6º - O Departamento de Apoio Administrativo é constituído de:

I - Divisão de Orçamento e Finanças;

II - Divisão do Pessoal;

III - Divisão de Serviços Gerais;

IV - Divisão de Documentação;

V - Divisão de Informática.

Art. 7º - As Subchefias são dirigidas por Subchefes; o Departamento de Apoio Administrativo, por Diretor Geral; as Assessorias e as Coordenadorias, por Coordenadores; as Secretarias, por Secretários e as Divisões, por Diretores.

Parágrafo único. O Subchefe da Subchefia para Acompanhamento da Ação Governamental tem posição hierárquica e prerrogativas idênticas às dos Secretários-Gerais dos ministérios civis.

SEÇÃO II - DA COMPETÊNCIA

Art. 8º - Compete à Chefia do Gabinete Civil dirigir, orientar, coordenar e controlar as atividades dos órgãos integrantes do Gabinete Civil, de modo a assegurar, em sua área de atuação, assistência direta ao Presidente da República.

Art. 9º - Compete à Subchefia para Acompanhamento da Ação Governamental:

I - assessorar o Ministro, quanto ao acompanhamento da formulação e implantação dos programas governamentais, especialmente no que diz respeito à execução das políticas econômica, financeira, social, agrária, urbana, regional, energética, de comunicações, de transporte e outras;

II - examinar o conteúdo dos projetos e proposições referentes aos assuntos mencionados no item anterior, que forem submetidos ao Presidente da República;

III - proceder a estudos e diligências sobre projetos, atos, processos ou outros documentos em exame na Subchefia.

Art. 10 - Compete à Subchefia para Relações Intergovernamentais:

I - assessorar o Ministro em assuntos relativos à articulação com os Estados e os Municípios;

II - examinar projetos que envolvam matéria de competência concorrente entre a União, Estados e Municípios;

III - proceder a estudos e diligências sobre projetos, atos, processos ou outros documentos em exame na Subchefia.

Art. 11 - Compete à Subchefia para Assuntos Institucionais:

I - assessorar o Ministro em assuntos institucionais:

II - assistir o Ministro em matérias relativas à promoção dos direitos do cidadão e à articulação entre Governo e Sociedade;

III - proceder a estudos e diligências sobre projetos, atos, processos ou outros documentos em exame na Subchefia.

Art. 12 - Compete à Subchefia para Assuntos Parlamentares:

I - preparar os expedientes necessários ao envio de Mensagens do Presidente da República ao Poder Legislativo;

II - acompanhar a tramitação de proposições nas Casas do Congresso Nacional, organizando sinopse legislativa;

III - providenciar respostas aos pedidos de audiência ou de informações formulados por membros do Congresso Nacional, colhendo dos Ministérios e demais órgãos da Administração Federal os elementos necessários;

IV - proceder a estudos e formular sugestões sobre assuntos legislativos, especialmente projetos de lei de iniciativa do Poder Executivo;

V - coordenar os trabalhos das Assessorias Parlamentares ou Legislativas dos Ministérios e demais órgãos da Administração Federal;

VI - manter contatos regulares com as Mesas e as Lideranças das Casas do Congresso Nacional;

VII - examinar os projetos de lei submetidos à sanção do Presidente da República, consultando os Ministérios e órgãos interessados para instruir a decisão presidencial.

Art. 13 - Compete à Subchefia para Assuntos Jurídicos:

I - assessorar o Ministro nas questões de natureza jurídica;

II - examinar, em articulação com as demais Subchefias, o conteúdo dos projetos submetidos ao Presidente da República;

III - examinar os fundamentos e a forma dos atos propostos ao Presidente da República;

IV - elaborar substitutivos de projetos;

V - proceder a estudos e diligências sobre projetos, atos, processos ou outros documentos em exame na Subchefia.

Art. 14 - Compete à Subchefia para Assuntos de Comunicação Social:

I - assessorar o Ministro na formulação e coordenação da política de comunicação social do Governo, articulando-se, para esse efeito, com os órgãos da Administração Pública, responsáveis por sua execução;

II - promover a divulgação dos programas governamentais;

III - orientar as atividades de comunicação social da Empresa Brasileira de Notícias - EBN e da Empresa Brasileira de Radio-difusão - RADIOBRÁS, sem prejuízo da vinculação dessas empresas aos Ministérios da Justiça e das Comunicações, respectivamente.

Art. 15 - Compete à Secretaria Particular do Ministro:

I - elaborar a pauta de audiências;

II - cuidar da correspondência e manter o arquivo pessoal do Ministro;

III - executar outros trabalhos que lhe forem especialmente conferidos pelo Ministro.

Art. 16 - Compete ao Departamento de Apoio Administrativo:

I - executar as atividades relacionadas com administração de pessoal, orçamento, finanças e serviços gerais do Gabinete Civil;

II - executar, através da Divisão de Documentação, as atividades de comunicação administrativa, numeração e publicação de leis, decretos-leis, decretos e outros atos, bem como controlar os serviços do Arquivo e da Biblioteca da Presidência da República;

III - planejar e executar as atividades de informática no âmbito do Gabinete Civil.

CAPÍTULO IV

DAS ATRIBUIÇÕES DAS AUTORIDADES

DO GABINETE CIVIL

Art. 17 - Ao Ministro Chefe do Gabinete Civil, incumbe:

I - assessorar diretamente o Presidente da República nos assuntos relativos à competência do Gabinete Civil;

II - superintender os trabalhos do Gabinete Civil;

III - transmitir, aos Ministros civis e a outras autoridades, ordens e diretrizes do Presidente da República;

IV - propor a nomeação ou designação dos Subchefes do Gabinete Civil e designar os demais servidores civis do mesmo Gabinete;

V - receber, diariamente, o Presidente da República e acompanhá-lo em viagens, visitas e atos oficiais;

VI - representar ou fazer representar o Presidente da República em cerimônias civis ou militares;

VII - aprovar as normas relativas à administração interna e à execução de obras e serviços da Secretaria Especial de Ação Comunitária-SEAC, na forma do Decreto nº 91.500, de 30 de julho de 1985;

VIII - requisitar o pessoal necessário ao funcionamento do Gabinete Civil e dos órgãos a ele vinculados;

IX - fixar a lotação dos órgãos do Gabinete Civil;

X - determinar a publicação, nos órgãos oficiais, dos atos do Presidente da República.

Art. 18 - Aos Subchefes do Gabinete Civil, incumbe:

I - superintender a execução dos trabalhos das respectivas Subchefias;

II - prestar informações sobre assuntos da competência das respectivas Subchefias;

III - cumprir missões de representação em cerimônias civis ou militares;

IV - conceder recompensas, férias, licenças e dispensa do serviço, bem como aplicar punições, na forma da legislação em vigor, ao pessoal da respectiva Subchefia;

V - apresentar relatório das atividades das respectivas Subchefias;

VI - estabelecer, com outras autoridades, os contatos necessários ao desempenho de suas atribuições;

VII - manter o Ministro Chefe do Gabinete Civil informado sobre assuntos relativos à área de atuação da Subchefia.

Art. 19 - Ao Subchefe da Subchefia de Acompanhamento da Ação Governamental, além da competência prevista no artigo anterior, incumbe cooperar com o Ministro Chefe do Gabinete Civil na direção, orientação, coordenação e controle dos trabalhos do Gabinete Civil.

Art. 20 - Compete ao Diretor-Geral do Departamento de Apoio Administrativo:

I - superintender, orientar, coordenar e controlar as atividades do Departamento;

II - zelar pela observância da orientação emanada da Chefia do Gabinete Civil, na execução dos serviços de apoio administrativo;

III - providenciar a apresentação de balancetes, quadros demonstrativos ou relatórios sobre as atividades do Departamento de Apoio Administrativo, nos prazos estabelecidos ou quando solicitado;

IV - apresentar anualmente a proposta orçamentária do Gabinete Civil da Presidência da República, na forma da lei;

V - executar o orçamento da Presidência da República, na parte relativa ao Gabinete Civil;

VI - conceder recompensas, férias, licenças e dispensa do serviço, bem como aplicar punições, na forma da legislação em vigor, ao pessoal do Departamento de Apoio Administrativo;

VII - supervisionar a execução das atividades de documentação e de informática, no âmbito do Gabinete Civil;

VIII - coordenar a preparação das viagens do Ministro e de outras autoridades do Gabinete Civil;

IX - requisitar passagens, conceder diárias e autorizar transporte de bagagens dos servidores do Gabinete Civil;

X - propor a designação de servidores para o Departamento de Apoio Administrativo;

XI - desempenhar outras atribuições conferidas pelo Ministro.

Art. 21 - Aos Assessores do Ministro, incumbe:

I - emitir pareceres e informações, proceder a estudos e pesquisas, elaborar projetos e realizar quaisquer trabalhos atribuídos pelo Ministro;

II - estabelecer contatos com autoridades, articular-se com órgãos da administração e, quando necessário, proceder a diligências.

Art. 22 - Aos Oficiais-de-Gabinete, incumbe:

I - prestar assistência a autoridades e demais pessoas recebidas em audiência pelo Ministro Chefe do Gabinete Civil;

II - realizar outras tarefas especialmente atribuídas pelo Ministro de Estado.

CAPÍTULO VI

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E TRANSITÓRIAS

Art. 23 - Serão substituídos em seus impedimentos ou ausências eventuais:

I - o Ministro Chefe do Gabinete Civil, pelo Subchefe da Subchefia para Acompanhamento da Ação Governamental ou, na falta deste, por um dos demais Subchefes previamente designado;

II - os Subchefes, o Secretário Particular e os titulares dos demais órgãos do Gabinete Civil, por servidor do respectivo órgão por eles indicados.

Art. 24 - São membros do Gabinete Civil:

I - os Subchefes;

II - os Assessores do Ministro;

III - os Coordenadores de Assessorias das Subchefias;

IV - o Secretário Particular;

V - o Diretor-Geral do Departamento de Apoio Administrativo;

VI - o Secretário da Secretaria de Imprensa e Divulgação.

§ 1º - Aplica-se aos membros do Gabinete Civil o disposto no parágrafo único do artigo 52 do Regimento aprovado pelo Decreto nº 83500, de 28 de maio de 1979.

§ 2 º - Os Subchefes do Gabinete Civil serão nomeados pelo Presidente da República e os demais servidores pelo Ministro Chefe do Gabinete Civil.

Art. 25 - Excetuada a competência do Departamento de Apoio Administrativo do Gabinete Civil, atribuída neste Regimento, os serviços de apoio da Presidência da República, a que se referem os artigos 47 a 50 do Regimento dos Gabinetes da Presidência da República, aprovado pelo Decreto nº 83500, de 1979, competem à Diretoria Administrativa.

§ 1º - A implantação do Departamento de Apoio Administrativo do Gabinete Civil deverá ocorrer no prazo de 60 dias, contado a partir da publicação deste Decreto.

§ 2º - Durante o prazo fixado no parágrafo anterior, o apoio administrativo ao Gabinete Civil continuará a ser exercido pela Diretoria Administrativa.

Art. 26 - A Comissão Consultiva da Secretaria de Imprensa e Divulgação, criada pelo Decreto nº 86.190, de 07 de julho de 1981, passa a funcionar junto à Subchefia para Assuntos de Comunicação Social.

§ 1º - A composição e condições de funcionamento da Comissão de que trata este artigo serão estabelecidas mediante ato do Ministro Chefe do Gabinete Civil;

§ 2º - Os membros da Comissão Consultiva serão nomeados pelo Presidente da República, considerando-se serviço relevante o desempenho das respectivas funções.

Art. 27 - O Ministro Chefe do Gabinete Civil pode requisitar servidores dos órgãos da administração federal direta e indireta, bem como das fundações instituídas ou mantidas pelo Poder Público, para desempenho de funções no Gabinete Civil, observado o disposto nos parágrafos 2º, 3º, 4º e 5º do artigo 56 do Regimento aprovado pelo Decreto nº 83.500, de 1979.

 Brasília, 18 de fevereiro de 1986.


Conteudo atualizado em 16/07/2021