Artigo 2 - Decretos (1987) - 95.107, de 3.11.87 - Vade Mecum On-line

Decretos




Decretos - 95.107, de 3.11.87 - 95.107, de 3.11.87 Publicado no DOU de 4.11.87 Declara de utilidade pública, para fins de desapropriação, áreas de terra necessária à implantação da subestação Aeroporto da Centrais Elétricas de Goiás S.A. - CELG, no Estado de Goiás.




Artigo 2



×Conteúdo atualizado em 28/03/2021. Clique Aqui para atualizar agora!
Art. 2º A área de terra, referida no artigo anterior, compreende aquela constante da planta de situação nº 771.051, aprovada mediante ato do Diretor da Divisão de Concessão de Águas e Eletricidade, do Departamento Nacional de Águas e Energia Elétrica, no Processo nº 27100.003833/86-12, e delimitada pelo perímetro assim descrito:

- tem início no ponto 1, cravado na extremidade da rua 16B, no canto do lote 1 da quadra 71A - Setor dos Funcionários; daí segue com rumo SW 82°30'02"NE, na distância de 68,40m, pela mesma rua até o ponto 2, cravado no canto do chanfro da rua 16B com alameda Capim Puba; daí, segue pelo chanfro com rumo SW 32°28'33"NE, na distância de 6,48m, até o ponto 3, cravado no canto do chanfro da mesma alameda; daí, segue pela referida alameda com rumo SE 17°21'53"NW e distância de 84,21m, até o ponto 4; daí, segue ainda pela alameda Capim Puba com rumo SE 7°41'14"NW e distância de 19,00m, até o ponto 5, cravado na mesma alameda, no canto do lote 7 da quadra 73B-setor Aeroporto; daí, segue pelo lote 7 com rumo NE 82°23'56"SW e distância de 26,00m, até o ponto 6, cravado no fundo do mesmo lote; daí segue pelo alinhamento dos fundos de vários lotes contíguos, com o rumo SE 7°33'50"NW, distância de 108,13m, até o ponto 7, cravado no fundo do lote 14 da mesma quadra anterior, ponto de começo da curva; daí, segue pelo desenvolvimento da curva com os rumos e respectivas distâncias de: SE 6°17'21"NW - 4,72m, SE 0°48'39"NW - 15,84m, SW 7°38'08"NE - 15,83m, SW 14°58'08"NE - 11,66m, até o ponto 8, ponto final da curva, cravado no lote 17 da mesma quadra; daí, segue pelos alinhamentos dos fundos de lotes contíguos, com o rumo SW 18°28'13"NE e distância de 51,43m, até o ponto 9, cravado no canto do lote 20 da quadra 73B, no alinhamento da rua P7; daí, segue pelo alinhamento da referida rua com rumo SE 61°02'11"NW, na distância de 52,47m, até o ponto 10, cravado no canto do lote 8 da quadra 67A, no alinhamento da mesma rua; daí, segue com rumo SW 8°13'48"NE, na distância de 109,62m, passa pelos fundos das quadras 67A, 68A e pelo fundo da rua P-5, até o ponto 11, cravado no canto desta rua; daí, segue pelo alinhamento da mesma rua com rumo SE 82°09'14"NW e distância de 17,62m, até o ponto 12, cravado no alinhamento da rua P5 e no fundo do lote 16 da quadra 70A; daí, segue pelo alinhamento do fundo da mesma quadra com rumo SE 28°26'57"NW e distância de 83,48m, até o ponto 13, cravado no lote 11 da quadra 71A; daí, segue pelo alinhamento do fundo da mesma quadra anterior com rumo SE 5°21'45"NW e distância de 160,24m, até o ponto 1, onde teve início esta descrição.


Conteudo atualizado em 28/03/2021