Decretos (1995) - 1.463, de 26.4.95 - Vade Mecum On-line

Decretos




Decretos - 1.463, de 26.4.95 - 1.463, de 26.4.95 Publicado no DOU de 27.4.95Aprova a Estrutura Regimental da Superintendência Nacional do Abastecimento (Sunab) e dá outras providências.




×Conteúdo atualizado em 02/04/2021. Clique Aqui para atualizar agora!
D1463

Presidência da República
Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos

DECRETO Nº 1.463, DE 26 DE ABRIL DE 1995.

Revogado pelo Decreto nº 2.280, de 1997

Texto para impressão

Aprova a Estrutura Regimental da Superintendência Nacional do Abastecimento (Sunab) e dá outras providências.

    O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, incisos IV e VI, da Constituição, e tendo em vista a legislação em vigor,

    DECRETA:

    Art. 1° Ficam aprovados a Estrutura Regimental e o Quadro Demonstrativo dos Cargos em Comissão e Funções de Confiança da Superintendência Nacional do Abastecimento (Sunab), constantes dos Anexos I e III.

    Art. 2° Ficam alteradas as denominações e especificações dos Cargos em Comissão do Grupo-Direção e Assessoramento Superiores (DAS) no âmbito da Superintendência Nacional do Abastecimento (Sunab), na forma do Anexo II a este decreto.

    Art. 3° O Regimento Interno da Sunab será aprovado mediante Portaria do Ministro de Estado da Fazenda e publicado no Diário Oficial.

    Art. 4° Este decreto entra em vigor na data de sua publicação.

    Art. 5° Revoga-se o Anexo LVII ao Decreto n° 1.351, de 28 de dezembro de 1994.

    Brasília, 26 de abril de 1995; 174° da Independência e 107° da República.

FERNANDO HENRIQUE CARDOSO
Pedro Pullen Parente
Luiz Carlos Bresser Pereira

Este texto não substitui o publicado no DOU de 27.4.1995

    ANEXO I

    ESTRUTURA REGIMENTAL DA SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DO ABASTECIMENTO

    CAPÍTULO I

    Da Natureza, Sede e Finalidade

    Art. 1° A Superintendência Nacional do Abastecimento (Sunab), Autarquia Federal criada pela Lei Delegada n° 5, de 26 de setembro de 1962, com autonomia administrativa, técnica e financeira, é vinculada ao Ministério da Fazenda.

    Parágrafo único. A Sunab tem sede e foro em Brasília, Distrito Federal e jurisdição em todo o território nacional.

    Art. 2° A Sunab tem por finalidade dar execução à Política Nacional de Abastecimento, assegurando a livre distribuição de bens e serviços, inclusive alimentos in natura e industrializados, visando à proteção e defesa do consumidor e, especialmente:

    I - promover, coordenar e executar atividades de pesquisa com o objetivo de dimensionar o crescimento de mercados consumidores, sua estrutura e formas de comercialização;

    II - promover, coordenar, executar e disseminar levantamentos estatísticos de preços praticados no mercado de bens e serviços;

    III - atuar, de forma complementar, no sistema de defesa do consumidor;

    IV - proceder ao exame de estoques, documentos e livros ou requisitar informações e dados, no seu âmbito de atuação, de qualquer pessoa física ou jurídica, de direito público ou privado, assegurando o livre acesso aos mesmos e as dependências onde se encontrem;

    V - disciplinar preços de bens e serviços essenciais à população;

    VI - estabelecer normas para disciplinar a produção, comercialização e distribuição dos bens e serviços, visando melhorar as condições de abastecimento e o funcionamento do mercado;

    VII - promover convênios e demais medidas necessárias ao cumprimento de suas finalidades, diretamente ou por intermédio de quaisquer outros órgãos públicos ou entidades privadas.

    CAPÍTULO II

    Da Estrutura Organizacional

    Art. 3° A Superintendência Nacional do Abastecimento (Sunab) tem a seguinte estrutura organizacional:

    I - órgão de assistência direta e imediata ao Superintendente: Gabinete;

    II - órgãos seccionais:

    a) Procuradoria-Geral;

    b) Auditoria;

    c) Coordenação-Geral de Administração.

    III - órgãos específicos singulares:

    a) Diretoria de Fiscalização;

    b) Diretoria de Pesquisa e Estudos de Mercados.

    IV - órgãos regionais: Delegacias.

    CAPÍTULO III

    Da Competência das Unidades

    Seção I

    Dos Órgãos de Assistência Direta e Imediata ao Superintendente

    Art. 4° Ao Gabinete compete assistir ao Superintendente em sua representação política e social, bem como incumbir-se do preparo e despacho do seu expediente pessoal e desenvolver as atividades inerentes à comunicação social.

    Seção II

    Dos Órgãos Seccionais

    Art. 5° À Procuradoria-Geral compete defender os interesses da Sunab, em juízo e fora dele, bem como prestar assessoramento jurídico ao Superintendente, nos termos do art. 17 da Lei Complementar n° 73, de 10 de fevereiro de 1993.

    Art. 6° À Auditoria compete prestar assistência ao Superintendente na fiscalização, acompanhamento, avaliação e orientação da gestão orçamentária, financeira e patrimonial das unidades gestoras da Sunab, com vistas à aplicação regular e à utilização racional de seus bens e recursos.

    Art. 7° À Coordenação Geral de Administração compete coordenar e controlar as atividades de planejamento, orçamento, modernização administrativa, informática, execução orçamentária, financeira e contábil, além da administração e desenvolvimento de recursos humanos e, também, as atividades relativas aos Serviços Gerais.

    Seção III

    Dos Órgãos Específicos Singulares

    Art. 8° Á Diretoria de Fiscalização compete planejar, coordenar e controlar a execução das atividades de fiscalização, especialmente no que se refere à aplicação da legislação de intervenção no domínio econômico e defesa do consumidor.

    Art. 9° À Diretoria de Pesquisa e Estudos de Mercados compete planejar e coordenar a execução das atividades de pesquisa e estudos relativos à formulação de planos e programas voltados para o desenvolvimento do mercado.

    Seção IV

    Dos Órgãos Regionais

    Art. 10. Às Delegacias compete representar a Sunab e supervisionar a execução das suas atividades, nas respectivas áreas de jurisdição, nos limites e condições fixadas pelo Superintendente.

    CAPÍTULO IV

    Das Atribuições dos Dirigentes

    Seção I

    Do Superintendente

    Art. 11. Ao Superintendente incumbe:

    I - representar a Sunab em juízo e fora dele;

    II - praticar todos os atos e adotar as medidas que se fizerem necessárias ao desempenho da sua função e ao atendimento às finalidades da Sunab;

    III - prover e movimentar os recursos da Sunab;

    IV - expedir ou delegar competência para expedir os atos de provimento e vacância de cargos e funções na forma da legislação em vigor, bem como praticar os demais atos de administração de pessoal;

    V - assinar convênios com o Distrito Federal, Estados e Municípios com o objetivo de transferir a execução de normas baixadas, encargos de fiscalização e demais atribuições;

    VI - prestar contas ao Tribunal de Contas da União;

    VII - determinar a instauração de inquérito administrativo;

    VIII - delegar competência aos dirigentes e aos Delegados em seu âmbito de atuação.

    Seção II

    Dos Demais Dirigentes

    Art. 12. Ao Chefe de Gabinete, ao Procurador-Geral, ao Auditor-Chefe, aos Diretores, ao Coordenador-Geral, e aos Delegados incumbe planejar, dirigir, supervisionar, coordenar, avaliar e orientar a execução das atividades afetas às respectivas unidades e exercer outras atribuições que lhes forem cometidas.

    CAPÍTULO V

    Disposições Gerais

    Art. 13. As Delegacias têm sede em Brasília-DF e nas Capitais dos Estados da Federação, em cujos limites territoriais tenham jurisdição.

    Art. 14. São extensivos à Sunab os privilégios da Fazenda Pública no tocante à cobrança dos seus créditos, e a processos em geral, custas, juros, prazos de prescrição, imunidade tributária e isenções fiscais, de acordo com o art. 13 da Lei Delegada n° 5, de 26 de setembro de 1962.

 Download para anexo

*

 

 

 

 


Conteudo atualizado em 02/04/2021